Passo a passo para fazer um planejamento de importação

Se você tem o desejo de trabalhar com produtos importados, é fundamental conhecer todos os detalhes técnicos e jurídicos que esse setor exige. Fazer um planejamento de importação é o melhor caminho para coletar informações importantes sobre o que deve ser feito para garantir os melhores resultados.
O mercado de importados tem um grande potencial econômico a ser explorado, porém, é preciso fazer as escolhas certas para garantir os resultados esperados. Planejar é uma forma de entender quais são as necessidades e melhorar as oportunidades existentes.
Neste artigo, vamos entender a importância de realizar o planejamento de importação. Além disso, daremos o passo a passo para realizá-lo. Acompanhe a leitura!

Entenda a importância do planejamento de importação

A importação não é um processo tão simples, já que envolve investimento, além de necessitar de um bom conhecimento sobre diferentes processos. Quando a operação apresenta algum erro, seja ele de planejamento, na operação, ligado à documentação ou com relação aos assuntos da negociação, pode trazer grandes prejuízos.
Portanto, planejar é fundamental para facilitar as ações e indicar os caminhos que devem ser percorridos. Ao planejar os detalhes dessa operação você consegue definir exatamente os seus objetivos e o que precisa fazer para alcançá-los.
Além de garantir o alcance dos resultados, ele traz outros benefícios para o negócio. Um deles é a definição dos produtos que serão importados. Desse modo, você garante que os recursos financeiros serão direcionados exatamente para as mercadorias que trazem retorno para a empresa.
O planejamento na importação também permite o acompanhamento das ações e análises dos resultados. Quando as atividades e objetivos não estão definidos, é mais difícil saber o que deve ser monitorado.
Além disso, a redução de custos também é possível por meio de um planejamento eficiente. Esse fenômeno ocorre porque ao traçar ações certeiras e definir objetivos claros, aumenta-se a possibilidade de conseguir bons resultados.

Conheça o passo a passo para fazer um bom planejamento de importação

Algumas atitudes ajudam a qualificar o seu planejamento de importação, por isso, traremos os principais passos para que ele seja feito de forma eficiente. Confira!

Definir objetivos

O primeiro passo deve ser a definição dos objetivos. Nessa etapa, é importante definir quais serão os produtos importados e como esse processo será conduzido.
Você também precisa escolher metas para serem alcançadas, sendo útil definir também em quanto tempo pretende atingi-las. Lembre-se de que se você não sabe o que deseja, fica impossível traçar o caminho.

Conhecer os concorrentes

A análise sobre os concorrentes é um passo muito importante. Eles sempre vão existir e a presença dos produtos chineses em praticamente todo o mundo trouxe mais competitividade para quem pretende importar.
Ao conhecer a concorrência, é possível encontrar um referencial para precificar melhor seus produtos. Afinal, além dos custos, das despesas e do acréscimo da margem de lucro, é necessário formar preços considerando os valores praticados no mercado.
Portanto, é necessário encontrar um preço que não prejudique a sua lucratividade, mas que também não seja muito alto a ponto de diminuir o interesse dos clientes. Depois de analisar os seus concorrentes e o valor que pode ser cobrado, você terá uma noção de qual será o seu retorno pelo investimento.

Conhecer as normas e melhores práticas

Durante o processo de importação, é fundamental planejar cada etapa da operação de modo criterioso, considerando todos os detalhes da carga. Deve-se analisar a origem da mercadoria, os canais de parametrização da Secretaria da Receita Federal, as modalidades de transportes, os tributos de importação, a documentação fiscal exigida, as licenças, entre outros aspectos.
Quando esses detalhes não são analisados, a probabilidade de erros tende a crescer, correndo o risco de atrapalhar o sucesso do negócio. É possível apresentar falhas quanto ao custo dos produtos ou a falta de documentação necessária para essa atuação. Isso pode trazer dificuldades jurídicas e problemas financeiros para a empresa.

Estudar os mercados fornecedores

Outro ponto essencial é estudar os mercados fornecedores para encontrar qual deles é o mais apropriado para o seu negócio. É necessário encontrar fornecedores confiáveis no exterior e pedir uma cotação formal da parte deles, também conhecida como fatura proforma. Por meio desse documento, é possível visualizar as condições de compra e venda de forma detalhada, o que facilita os processos.
Além disso, é preciso analisar se o fornecedor é confiável, pois isso ajuda a evitar problemas com empresas que não são corretas ou que não consigam oferecer o serviço que foi contratado.

Contar com a ajuda de uma empresa especializada

Investir em um departamento qualificado nesta área pode ser muito custoso para o negócio, principalmente quando esse não é o foco principal. Desse modo, a melhor alternativa é contar com uma empresa especializada que possa ajudar nessas operações.

Uma empresa parceira é fundamental para oferecer inteligência em comércio internacional, pois já conhece todos os detalhes necessários para o processo de importação. Assim, é possível evitar erros que prejudicariam o andamento do negócio, expandindo as possibilidades de mercado para a sua empresa.

Monitorar os resultados

De nada adianta realizar todo o planejamento se você não sabe como monitorar os resultados. Sem esse acompanhamento é impossível avaliar se as estratégias estão sendo eficazes ou se precisam de correções.
Lembre-se de que o planejamento não deve servir para engessar os processos, mas como uma ferramenta de direcionamento. Portanto, caso algum aspecto não esteja apresentando os resultados almejados, busque realizar as alterações necessárias.
Estabeleça indicadores de desempenho para realizar esse acompanhamento da maneira correta. Essas métricas contribuem para que você faça uma avaliação precisa da evolução do negócio e facilitam a percepção do que está sendo feito errado.
Neste artigo, vimos como o planejamento de importação é essencial para garantir o sucesso de quem pretende investir nessa área. Seguindo os passos do texto, sua empresa conseguirá agir de forma inteligente no mercado e expandir o potencial de lucro. Portanto, vale a pena dedicar tempo para planejar as suas ações e direcionar o que será feito.
Quer potencializar seus resultados e investir nesse setor? Então entre em contato conosco e veja como podemos ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.